06 fevereiro, 2012

A HOSPITALIDADE




Ser hospitaleiro é uma qualidade muito apreciada.
Convidar alguém para uma refeição e, fazer isto com amor, é uma atitude muito elogiável.
Podemos usar a iniciativa para perceber que existem muitas maneiras de demonstrarmos nossa hospitalidade.
Convidar alguém para um café, um chá, um lanche rápido.
A Bíblia nos exorta a sermos sempre hospitaleiros.
Paulo incentivou: “Partilhai com os santos segundo as suas necessidades. Segui o proceder da hospitalidade.” (Romanos 12:13) 
Lembrou também aos cristãos judeus: “Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por meio dela alguns, sem o saberem, hospedaram anjos.” (Hebreus 13:2)
O apóstolo Pedro exortou seus irmãos cristãos a ser “hospitaleiros uns para com os outros, sem resmungar”. — 1 Pedro 4:9.
A hospitalidade de coração cria uma excelente oportunidade para “um intercâmbio de encorajamento” e para mostrar amor aos nossos irmãos e ao nosso Deus. (Romanos 1:11, 12)
Uma coisa importante é nos lembrarmos de convidar a todos, mesmo aqueles que não poderão retribuir a gentileza.
São ocasiões gratificantes tanto para quem é convidado como para o anfitrião, pois como disse o próprio Jesus Cristo: “há mais felicidade em dar do que há em receber”. — Atos 20:35.

Um comentário: