28 abril, 2012

DEUS VÊ ALÉM DAS APARÊNCIAS



As aparências podem enganar. O que uma pessoa é por fora não necessariamente revela o que ela é por dentro, no seu íntimo. Os humanos têm a tendência de julgar pela aparência.
Felizmente, Jeová Deus olha além da aparência. Isso fica bem claro nas palavras registradas em 1 Samuel 16:1-12.
Imagine a cena. Jeová estava prestes a ungir um novo rei sobre a nação de Israel.
Deus havia dito ao profeta Samuel: “Enviar-te-ei a Jessé, o belemita, porque providenciei para mim um rei dentre os seus filhos.” Versículo 1)
Jeová não deu o nome, disse apenas que o escolhido seria um dos filhos de Jessé. Enquanto ia para Belém, talvez Samuel se perguntasse: ‘Como é que eu vou saber qual dos filhos de Jessé é o escolhido de Jeová?’
Ao chegar a Belém, Samuel providenciou uma refeição sacrificial para compartilhar com Jessé e seus filhos. Quando Eliabe, o filho mais velho, entrou, Samuel ficou logo impressionado com a sua aparência. Para Samuel, Eliabe sem dúvida tinha um porte de rei, de modo que disse a si mesmo: “Seguramente está perante Jeová o seu ungido.” — Versículo 6.
No entanto, Jeová via as coisas de modo diferente. Ele disse a Samuel: “Não olhes para a sua aparência e para a altura da sua estatura, pois o rejeitei.” (Versículo 7)
Jeová não ficou impressionado com a altura e a beleza de Eliabe. Os olhos de Jeová, que observam tudo, vão além da aparência, olhando para onde a verdadeira beleza pode ser encontrada.
Jeová disse a Samuel: “Porque não como o homem vê é o modo de Deus ver, pois o mero homem vê o que aparece aos olhos, mas quanto a Jeová, ele vê o que o coração é.” (Versículo 7)

De fato, o que importa para Jeová é o coração da pessoa — o que ela é no íntimo, a fonte de seus pensamentos, atitudes e sentimentos. “O examinador dos corações” rejeitou Eliabe bem como os outros seis filhos de Jessé que foram apresentados a Samuel. — Provérbios 17:3.

Jessé tinha mais um filho, Davi, o mais novo, que estava “pastoreando as ovelhas”. (Versículo 11)
Assim, mandaram Davi voltar do campo e o apresentaram a Samuel. Então, Jeová disse a Samuel: “Levanta-te, unge-o, pois é este!” (Versículo 12)
É verdade que Davi era um “rapaz de belos olhos e bem-parecido”. Mas foi o seu coração que o tornou realmente agradável aos olhos de Deus. — 1 Samuel 13:14.

Num mundo que dá tanta importância à beleza externa, é consolador saber que Jeová Deus não se deixa influenciar pela aparência. Para ele, não importa se você é alto ou baixo, ou se os outros o acham bonito ou não.
O que Jeová valoriza é o que você é no íntimo, no coração. Saber isso o ajuda a cultivar qualidades que o tornem bonito aos olhos de Deus. 

2 comentários: